Aterramentos elétricos

O aterramento Elétrico popularizado a alguns anos, sem dúvida alguma é um assunto que desperta atenção quanto as normas  NBR 5410/04,NR 10 (Norma regulamentadora) quanto ao procedimento de entendimento e aplicação nos projetos elétricos bem como suas instalações. As questões mais abordadas são sempre os esquemas elétricos de aterramento, este assunto gera polemica discussão  e pesquisa por profissionais da área de engenharia elétrica, quando se trata dos esquemas elétricos e suas funções para garantir um bom aterramento  elétrico funcional para  garantir a qualidade da energia, proteção  das instalações, equipamentos e ainda garantir a integralidade físicas das pessoas evitando acidentes.Os acidentes mais frequentes acontecem com as pessoas que trabalham executando instalações, operações e manutenções industriais, quando acidentalmente se envolve com as partes  energizadas, tendo contato direto e por falha perdeu sua isolação e individuo acaba tendo o seu corpo energizado por um potencial elétrico.

Sabemos que o corpo humano suporta corrente elétrica até 25 mA dependendo do tempo de contato e que quase quase sempre não consegue largar o objeto eletrificado. E assim por diante acima  25mA o individuo é submetido a grandes contrações e asfixia; que atingindo corrente acima de 80mA ele sofre queimaduras intensas, necrose dos tecidos e  consequentemente  a morte.

img_aterramento

Não é difícil encontrar instalações elétricas de grande importância e que necessitam de qualidade de energia, estarem com aterramento ineficiente, incompatíveis e sem os requisitos de segurança para as instalações, seja por falta de conhecimento, mal interpretação da norma ou negligência de muitos projetistas e instaladores que acabam pondo em risco pessoas e equipamentos elétricos e eletrônicos, causando muitos prejuízos.

O aterramento elétrico é um assunto polêmico e recorrente que geram muitas dúvidas a setor elétrico, que vai desde o esquema elétrico de aterramento, malhas de aterramentos, resistências ôhmicas até os novos padrões de tomadas. Prova disto que existem muitos eventos e cursos sobre o tema. A Norma  NBR 5410 prescreve o esquema de aterramento TN-S mais apropriado para as nossas instalações, mais muitas instalações ainda  não estão de conformidade, sendo que algumas possuem diversos esquemas de aterramentos não aceitos pela NBR (Norma Brasileira Regulamentadora).

MAS AFINAL O QUE É “TERRA ELÉTRICO”?

O termo aterramento se refere ao solo ou uma grande massa. Em geral nem todas as instalações elétricas estão aterradas e mesmo assim não precisam estar ligadas a terra para funcionarem. A terra é sempre um ponto de referência com potencial de tensão zero com referências a outras tensões. Tudo que está em contato com a terra, seja uma pessoa ou uma edificação está no potencial de terra.O aterramento é a ligação de uma instalação ou equipamento elétrico ao ponto de um aterramento para proteção e o bom funcionamento do sistema, protegendo as pessoas bem como os equipamentos elétricos.

ATERRAMENTO DE PROTEÇÃO.    A finalidade do aterramento de proteção é de ligar as massas e os elementos condutores de proteção proporcionando as correntes de falta para o aterramento de baixa impedância.

ATERRAMENTO FUNCIONAL.  A finalidade do aterramento funcional é de ligar ao terra do condutor neutro proporcionando estabilização da tensão das instalações em relação ao terra quando em funcionamento. Como proteção limitando as manobras das concessionarias de energia, sobretensões atmosféricas.

 

Esquema de Aterramento TN-S

É o esquema prescrito pela NBR 5410 para as instalações de baixa tensão.No esquema TN-S os condutores  neutro e de proteção(PE) são separados e possuem baixa impedância para a corrente de falta (altas correntes). Neste esquema o condutor de proteção PE está sempre com tensão zero e são utilizados quando a carga e a fonte não possui distância muito grande.A proteção deve ser garantida com aplicação de um dispositivo diferencial residual DR, para detectar a corrente e enviar para o terra.

Esquema de Aterramento TN-C

Neste caso os condutores  neutro são utilizados como condutor de proteção chamado PEN e atenção do condutor neutro junto a carga nunca e zero volt, portanto muito perigoso em caso de ruptura do neutro.Este esquema de ligação não admite o emprego do dispositivo diferencial DR.Existem outros esquemas de aterramentos – Saiba mais NBR 5410/04.

 

esquematns
esquematnc